Como Morreu SCOTT WEILAND

COMO MORREU
SCOTT WEILAND

Nome completo: Scott Richard Kline

Nacionalidade: Americano

Nascimento: 27 de Outubro de 1967

Morreu em: 03 de Dezembro de 2015

Idade: 48 anos

Profissão: Cantor

Lugar da morte: Em seu ônibus de turnê, em Minnesota, EUA.

Causa da morte:

“OVERDOSE”

Como faleceu SCOTT WEILAND: O ex-vocalista das bandas “Stone Temple Pilots” e “Velvet Revolver” faleceu em decorrência de uma overdose. Ele foi encontrado morto por seu empresário, em seu ônibus de turnê, em Minnesota, EUA. Ele estava em turnê com sua nova banda “Weiland the Wildabouts”. Os exames toxicológicos realizados no corpo do cantor no “The Hennepin Country Medical Examiner”, em Mineapólis indicaram que ele havia consumido cocaína, ectasy e álcool na noite em que foi encontrado morto, além de estar com o organismo desgastado por sofrer de asma e problemas cardíacos. Portanto, esta junção de fatores fez com que o vocalista viesse a falecer.

Durante sua turbulenta carreira na música, Weiland enfrentou vários problemas devido ao uso de drogas e álcool. Por três vezes, a banda “Stone Temple Pilots”, da qual ele era vocalista se viu forçada a cancelar turnês que estavam em andamento por causa dele estar sofrendo os efeitos de seu abuso de drogas e álcool.

Ele passou por várias clínicas de reabilitação, mas sempre tinha recaídas.

Foi preso várias vezes por uso e porte de drogas.

Em 2013, o cantor foi expulso da banda “Stone Temple Pilots” por “comportamento destrutivo”, segundo o advogado de seus companheiros da banda. Ele também se apresentou com a banda “Velvet Revoler” por vários anos.

Weiland era conhecido por seus vocais guturais e o cabelo tingido de vermelho, e foi um símbolo da era grunge na década de 1990 como vocalista e letrista dos “Stone Temple Pilots”. Hábil em alterar seu estilo vocal, ele às vezes cantava através de um megafone.

Ele deixou esposa e dois filhos.

Seus restos mortais se encontram no cemitério Hollywood Forever, em Los Angeles, Califórnia, EUA.

 

 

 

SAIBA COMO ELES MORRERAM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *