Como Morreu RENATO ROCHA

COMO MORREU
RENATO ROCHA

Nome completo: Renato da Silva Rocha

Nacionalidade: Brasileiro

Nascimento: 27 de Maio de 1961

Morreu em: 22 de Fevereiro de 2015

Idade: 53 anos

Profissão: Baixista/Compositor

Lugar da morte: Em um Hotel em Guarujá, no litoral de São Paulo.

Causa da morte:

“PARADA CARDIORRESPIRATÒRIA”

Como faleceu RENATO ROCHA: O ex-baixista, integrante da primeira formação da banda “Legião Urbana” foi encontrado morto por uma amiga, dentro de um hotel em Guarujá, no bairro da Enseada, no litoral de São Paulo. Eles estavam hospedados havia três dias no local, mas em quartos separados. Renato estava internado em uma clínica de reabilitação de dependentes químicos e tinha os finais de semana livres. O corpo foi levado pela Polícia Militar para o IML (Instituto Médico Legal) do local, que confirmou a morte por conta de uma parada cardiorrespiratória.

O músico, conhecido também como “Billy” ou “Negrete” participou dos três primeiros discos da banda: “Legião Urbana”, “Dois” e “Que País é Este”.
Ele entrou na “Legião Urbana” em 1984, para assumir as funções de Renato Russo, que era o baixista até então.

Billy deixou a “Legião Urbana” em 1989, quando a banda estava prestes a assinar o contrato do quarto disco: “As Quatro Estações”. Em uma entrevista concedida, anos mais tarde, ele afirmou que foi expulso por Renato Russo, que saindo de um elevador, disse: -“Você está fora da minha banda”. Em entrevistas posteriores, Dado Villa-Lobos, também integrante da banda, revelou que os reais motivos da saída de Negrete foram devido aos seus problemas pessoais com bebidas e atrasos em shows.

Em 2002, em uma entrevista, Ele assumiu fazer uso de maconha, bebidas alcoólicas e de ter tido uma juventude marcada por estas e outras drogas.
Em 2014, Negrete foi convidado para uma participação no projeto “Urbana Legion”, idealizado por Egypcio da banda “Tihuana”. Nesse projeto, ele voltou aos palcos para tocar os sucessos da “Legião Urbana” junto com o também ex-integrante da banda Eduardo Guaraná.

De acordo com sua irmã, atualmente o baixista estava fazendo apresentações em São Paulo e formando uma nova banda.

Ele deixou dois filhos e uma neta.

Seus restos mortais se encontram no Cemitério Memorial Parque Paulista, em Embu das Artes, na região da Grande São Paulo.

SAIBA COMO ELES MORRERAM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *