COMO MORREU ANTONIO MACHADO

COMO MORREU ANTONIO MACHADO

Nome completo: Antonio Cipriano José María Machado Ruiz.
Nacionalidade: Espanhol.
Nascimento: 26 de julho de 1875.
Morreu em: 22 de fevereiro de 1939.
Idade: 63 anos.
Profissão: Poeta.
Lugar da morte: Hotel Bougnol – Quintana, Colliure (Francia).

Causa de morte:
“PARADA CARDÍACA”

Como morreu ANTONIO MACHADO: o famoso poeta sofreu com várias doenças respiratórias, tais como asma e bronquite devido ao seu forte vício em tabaco.

Machado fumava todo o tempo, também bebia muito café, de 6 a 7 xícaras por dia, mas o vício de cigarro foi o que lhe pode haver precipitado sua morte.

Em 1938, a guerra civil fez com que ele fugisse de sua amada Madri, separando-o também de Guiomar, sua fiel companheira, mas a frágil saúde do poeta não suporta a rota do exílio.

Passou por Barcelona, mais tarde chega na França em 1939. Depois de muitos atos e baixos, especificamente em Colliure, onde falece somente com um mês de sua chegada na pensão do hotel Bougnol-Quintana as três e meia da tarde do dia 22 de fevereiro desse ano.

A asma junto com uma pneumonia e bronquite complicadas com uma infecção gástrica provocaram que se agravava seu estado e somente em quatro dias seu coração sofreu uma opressão para depois entrar em estado de coma, do que já não despertaria mais.

(como morreram outros Artistas famosos)

Sua mãe agonizou na mesma moradia e tal como lhe havia decretado muito antes, não viveria muito tempo depois que partisse seu filho. Faleceu com três dias da morte do poeta.

Ambos repousam no mesmo sepulcro na cidade francesa de Colliure.