BOB MARLEY

COMO MORREU BOB MARLEY

COMO MORREU BOB MARLEY

Nome completo: Robert Nesta Marley Brooker.
Nacionalidade: Jamaicano.
Nascimento: 06 de Fevereiro de 1945.
Morreu em: 11 de Maio de 1981.
Idade: 36 anos.
Profissão: Cantor.
Lugar da morte: Hospital Cedar de Miami (Estados Unidos).

Causa de morte:
“CÂNCER DE PELE: MELANOMA MALIGNO”

Como morreu BOB MARLEY: Adorava jogar futebol, onde viajava se havia uma equipe local sempre estava disposto a enfrentá-los.

Em 26 de junho de 1978, em um desses tantos encontros o pisaram no dedo polegar do pé direito, sem saber que nesse momento haviam sentenciado sua vida.

Posteriormente o deixou a unha inteira com a pele, injetaram pele de própria perna, mas já não o ficava unha.

Ao persistir com fortes dores em uma clínica detectaram nele um tipo de melanoma maligno, um tipo de câncer de pele, um dos mais letais.

Aconselhou ele a amputar o dedo, mas se baseando em suas crenças rastafáris, não permitiram que o tirasse uma parte do corpo.
A partir daí começou a negar o câncer, não dando importância e perdendo valioso tempo para tentar se curar.

Vale destacar que o melanoma não tem o hábito de aparecer em gente de cor negra, é uma doença que se contraía por esses tempos na Europa, mas pode haver transmitido hereditariamente através dos genes de seu pai que era branco.

Três anos depois em 05 de outubro de 1980, visitou Nova York pela primeira vez em sua vida onde realizou dois shows no Madison Square Garden.

Hospedou-se no luxuoso Hotel Essex House, até que na manhã de 08 de outubro saiu para correr e caiu no chão desmaiado.

Quando foi atendido, soltava espuma pela boca. O câncer havia avançado em sua metástase pelo cérebro, pulmões, fígado e estômago.

Pouco tempo depois sua turnê foi cancelada e aceitou voltar ao Memorial Sloan-Kettering Centre com enorme pânico de morrer, Bob Marley permitiu pela primeira vez que lhe aplicassem tratamentos de radioterapia.

Rita, sua esposa, pressentindo o triste final garantiu o batismo de Marley em uma igreja Ortodoxa Etíope.

Em 04 de novembro de 1980 Bob passou a se chamar Berhane Selassie, o mesmo nome que o Negus, o ditador imperador da Etiópia que para os rastafáris era considerado como Jesus Cristo.

Tempo depois, Rita aceitou os conselhos do doutor jamaicano Carl ‘Pee Wee’ Fraser, quem os recomendou um velho doutor diretor das SS chamado Josef Issels que segundo ele fazia milagres contra o câncer em sua clínica.

Foi então que Bob Marley passou ali oito meses. Durante esse tempo foi submetido a todos os tipos de torturas.

Transfusões de sangue, injeções de líquidos secretos através de longas agulhas injetadas em seu estômago e em sua espinha dorsal.


Bob Marley já estava extremamente magro, sem cabelo e sem força alguma. Já não podia se quer mover os dedos em seu violão acústico favorito.

Após a frustração no tratamento no início do mês de maio de 1981 o restava somente uns dias de vida.


Bob tinha medo de voar em pequenos aviões, então ao seu redor convenceram a Chris Blackwell, seu mentor e presidente da companhia discográfica Island, para que pagasse os 90.000 dólares que custou o 747 da Lufthansa para ser transladado para Jamaica.

Mas seu estado era muito grave que tiveram que aterrissar e colocá-lo no Hospital Cedar de Miami. Chegaram em 10 de maio. Marley apenas durou dois dias. Sua mãe Cedella lembra como começou a suar e não conseguia dormir.

Finalmente, enquanto tratava de lhe dá um calmante comprovou que seu filho já não respirava. Rita chegou uma meia hora depois de sua morte.
O grande Bob Marley, uma das maiores estrelas da música do Terceiro Mundo, havia falecido às onze e meia da manhã de 11 de maio de 1981.

Marely recebeu um funeral de estado em 21 de maio de 1981 que combinava elementos da igreja ortodoxa etíope com os da tradição rastafári.

(como morreram outros Musicos Famosos)

Foi enterrado com seu violão Gibson Les Paul vermelho (alguns dizem que em realidade se tratava de uma Fender Stratocaster) em uma capela próxima ao lugar onde nasceu.